Proposta pedagógica

Plano de Ação

O trabalho desenvolvido pela coordenação pedagógica do Centro Educacional e Infantil do Recreio visa contribuir com a integração coesa e coerente entre a Equipe Pedagógica, o corpo docente, os alunos e os pais, esclarecendo dúvidas, propondo oportunidades para trocas de experiências. O objetivo final do trabalho da coordenação pedagógica deve ser o de:

  • Fornecer os subsídios necessários para que o aluno vivencie um processo de formação integral, abrangendo os seguintes aspectos: físicos, intelectuais e sociais;
  • Criar condições para o desenvolvimento pleno das potencialidades da criança (físico, social, intelectual e afetivo) para seu benefício;
  • Favorecer o caminha para a construção da autonomia da criança com compromisso e responsabilidade e do cooperativismo para atuação crítica na sociedade;
  • Formar um aluno com capacidade de refletir, compreender o mundo que o cerca, tomar decisões, desenvolver valores, ser solidário, crítico, comprometido com a transformação do mundo, julgando e intervindo nesta realidade;
  • Favorecer o processo de formação contínua do corpo docente que atua no Centro Educacional e Infantil do Recreio;
  • Manter harmoniosa a indispensável parceria entre a Escola e a Família.

 Planejamento das Atividades Pedagógicas

O trabalho desenvolvido no Centro Educacional e Infantil do Recreio busca cumprir os objetivos estabelecidos para o ano letivo, levantando como base um referencial teórico, assim como considerando a realidade específica da clientela recebida pela Escola. Embora estes objetivos sejam traçados no início do ano, a forma como cada professor irá trabalha-los dependerá do interesse do grupo, uma vez que o sistema de trabalho está voltado para a realização de projetos (centros de interesse) propostos em reuniões sistemáticas com toda a equipe pedagógica da Escola. Os centros de estudos são formados a partir do interesse apresentado pelo grupo. A equipe pedagógica, sempre atenta aos interesses da maioria dos alunos elabora os projetos visando atender ao máximo os objetivos propostos para cada faixa etária, além de suscitar a curiosidade estimular a criatividade e reflexão dos alunos.

Quando um projeto é iniciado, a turma toda se empenha em coletar materiais necessários ao enriquecimento do mesmo: como pesquisas, entrevistas, materiais concretos, livros, jornais, recortes, etc.

Considerando as necessidades específicas para cada faixa etária, o trabalho realizado no Centro Educacional e Infantil do Recreio divide-se em quatro etapas com objetivos específicos, mas com um vínculo estreito entre si.

Características específicas de cada série

Etapa: Creche

O ambiente escolar oferecido para esta faixa etária deve ser acolhedor e propiciar às crianças confiança e auto-estima. Deve ser rico em estímulos e cuidadosamente organizado em suas particularidades, com áreas de atividades para que a criança possa orientar-se nas suas explorações e escolhas.

Nesta fase a coordenação motora entre as mãos e os olhos (coordenação viso-motora) inicia o seu desenvolvimento e as crianças começam a familiarizar-se com a imagem, localização e funções das partes do próprio corpo. Começam a desenvolver a confiança nas próprias capacidades motoras.

Crianças desta faixa etária precisam de mais espaços para explorar, pois a capacidade de locomoção favorece novas conquistas. Pouco a pouco adquirem autonomia para o trânsito pelos diferentes espaços da creche.

  • Familiarizam-se com a imagem do próprio corpo, aprendendo a cuidar do mesmo e agir com autonomia cada vez maior;
  • Expressam desejos, necessidades e sentimentos através da linguagem oral e do jogo de faz-de-conta, além de interessar-se por ouvir histórias;
  • Familiarizam-se com as situações em que a escrita é utilizada no dia a dia;
  • Ouvem e discriminam sons e músicas, imitando e expressando-se musicalmente através da voz, do corpo e materiais sonoros;
  • Exploram os diversos materiais de desenhos, pintura, colagem e modelagem para ampliar as suas possibilidades de expressão e comunicação;
  • Entram em contato, em situações do dia a dia com a\s noções matemáticas referentes à construção do conceito de número e relações espaciais;
  • Resolvem situações-problemas à sua faixa etária, com mais autonomia e reconhecimento do que é capaz;
  • Relacionam-se com outras crianças e adultos da creche ampliando sua possibilidade de socialização e construção de sua identidade;
  • Identificam gradativamente seus direitos e deveres como cidadãos.

Etapa: Pré-escolar

O ambiente escolar oferecido para esta faixa etária privilegia a exploração e a experiência construtiva, as atividades de movimento e de descoberta, de troca e de comunicação.

A existência de um ambiente favorável, não significa eliminar os conflitos, as divergências e disputas presentes nas interações sociais, mas pressupõe que o professor forneça elementos afetivos e de linguagens para que as crianças aprendam a conviver, buscando as soluções mais adequadas para as situações com as quais se defrontam diariamente.

  • Exploram e utilizam movimentos de preensão, encaixe e lançamento para o uso de diversos como jogos de encaixe, brinquedos de construção, etc;
  • Experimentam diversos materiais como tinta, cola, diferentes tipos de papéis e texturas;
  • Desenham pelo prazer do movimento. Seu rabisco, no início, incompreensível para o adulto (garatuja), vai pouco a pouco alcançando o controle ideal entre a mão, giz, lápis e pincel;
  • Desenham figura humana a partir da célula. Nomeiam os desenhos que fazem;
  • Modificam e conquistam através do desenho, novas formas e cenas;
  • Surge de forma concreta o raciocínio lógico-matemático, nas atividades e situações presentes no seu cotidiano;
  • Percebem pequenas quantidades embora possam contar automaticamente números consecutivos;
  • Conseguem separar as cores básicas, modelos e tamanhos;
  • O vocabulário está cada vez mais desenvolvido, o que pode ser notado pela extensão de suas sentenças;
  • São capazes de contar experiências, fatos e pequenas histórias;
  • Coordenam melhor os grandes músculos: sobe em lugares altos e difíceis, pula, mantém-se em equilíbrio em uma perna só;
  • Andam e correm com facilidade;
  • Conseguem abotoar algumas roupas e escovar os dentes sozinhos;
  • Constroem com blocos, tanto no plano horizontal como no vertical, nomeando suas construções;
  • Conseguem concentrar-se por um período curto de tempo, se estiverem interessados e motivados;
  • Começam a planejar e executar suas idéias.
Educação Infantil
topo